Ligue para gente: (48) 3225-6860
+554888116398

Você já recebeu o comprovante de rendimento para fazer a declaração de imposto de renda. Dia 28 de fevereiro era o prazo que as empresas tinham para encaminhar tal documento. Não se esqueça que o prazo para prestar contas com a leão vai de até final de abril, este ano é um pouco mais curto devido ao carnaval.

Todos os anos a Receita Federal do Brasil divulga as regras para a declaração anual de imposto de renda. Este ano não foi diferente, as regra são:

• Quem recebeu rendimentos tributáveis com soma anual igual ou superior a R$ 25.661,70 .

• Quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil.

• Quem teve ganho de capital e operações em bolsa de valores

• Atividade rural

• Quem teve a posse ou propriedade de bens ou direitos (inclusive terras) de valor total superior a R$ 300 mil, em 31 de dezembro de 2013.

• Condição de residente no Brasil – tornou-se residente no Brasil em 2013 e continuava na mesma condição em 31 de dezembro de 2013.

Se não está enquadrado em nenhuma das regras acima você não está obrigado a declarar. Mas existe um item que as pessoas em sua maioria não são alertadas. E o caso de quando há o imposto de renda retido na fonte.

Exemplo: Se você obtive um rendimento de R$ 4.500,00 em um mês do ano, por exemplo junho, e esse rendimento foi tributado pelo IR, você terá uma retenção de R$ 901,12.

Já durante o restante do ano se você teve rendimento menores de janeiro a maio, teve um total de R$ 7.500,00 e julho a dezembro, R$ 12.500,00.

Somando os meses do ano seu rendimento foi de R$ 24.500,00. Neste caso foi está desobrigado de fazer a declaração do imposto de renda, mas deixará de restituir o valor de R$ 901,12.

Para ser restituído basta fazer uma declaração simplificada que dá um desconto “padrão” de 20% na renda tributável. Este abatimento substitui todas as deduções legais da declaração completa. No IR de 2014, esse desconto está limitado a R$ 15.197,02, o que representa uma correção de 4,5% frente ao ano passado. Em 2013, o limite foi de R$ 14.542,60.

Em nosso exemplo acima, o total dos rendimentos de R$ 24.500,00, terá um desconto de simplificado de R$ 4.900,00, e um rendimento tributável de R$ 19.600,00.

Verificando a tabela do IRPF você verá que o contribuinte estará isento do imposto retido, então será restituído do total retido no valor de R$ 901,12.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *